Preguiça

E aí galera, só de boa?

Imagem

Pelo jeito, sim.

Então, hoje eu to afim de falar sobre preguiça, este mal capital ao qual eu me refiro diariamente como “minha vida”. Não que eu seja um vagabundo, caso contrário nem estaria escrevendo este lindo post.

Quem aí é viciado no twitter sabe que a palavra “preguiça” é uma das mais comentadas diariamente pelos brasileiros, eu até queria entender por que nunca a vejo nos TTs (Trending Topics ou simplesmente Assuntos do Momento, para os leigos) mas a vejo o tempo todo na minha timeline (linha do tempo) do Twitter.

Não entendo como uma coisa tão boa pode ser tão ruim, afinal ter preguiça costuma nos deixar calmos e mega tranquilos, de bem com a vida. Também não entendo por que motivos a harmonia consigo mesmo gera essa tal “irresponsabilidade” causada pela preguiça, afinal… quem aí não se sente bem e ao mesmo tempo culpado por não fazer absolutamente nada, não é mesmo?

Não que seja verdade, mas eu creio que a preguiça comece lá da pré-adolescência quando sabemos que temos que fazer por nós mesmos certas coisas, mas nos aproveitamos de nossos pais pois é bom e é de graça.

E aquelas sextas-feiras maravilhosas em que você até sairia mas não quer por que tá com preguiça? Já perdi muitas por culpa disso. Sei lá, ficar em casa até que é bom.

Eu também adoro ter preguiça no colégio, sei que é ruim e tal, mas é tão bom colocar a mochila em cima da classe e deitar a cabeça enquanto a professora com voz de tenor fica falando monte de coisas que você não entenderia nem querendo pois sua preguiça fala mais que a sua vontade.

No final de tudo a preguiça sempre tem o seu lado bom e o seu lado ruim. O lado bom é que você tá aproveitando o momento fazendo o que você quer fazer, uma forma meio anarquista de viver. O lado ruim é que tu pode ter certeza que tu vai acabar se fodendo ferrando daqui a sei lá quanto tempo, só por preguiça.

Melhor repensar antes de sujar o patrimônio público se não quiser receber um corte lindo destes.

Mas gente, também tem uma coisa muito curiosa sobre a minha vida que até hoje eu não entendo: dormir com preguiça de ir dormir!

Geralmente eu fico uma meia hora vegetando antes de começar a dormir mesmo. Se alguém descobrir o remédio, me liga ok? (para quem viu o post anterior, saiba que eu ainda não troquei meu número da tim)

Bom, a verdade é que a preguiça não existe só nos humanos, boatos que até o senhor do céu e da terra já praticou tal pecado.

Não é a toa que seus filhos também careçam do mesmo.

E também tem a preguiça virtual, ou a cyber-preguiça, que é tipo quando você quer carregar algum arquivo (uma música, foto ou vídeo) e o computador ou a sua internet, até mesmo o servidor do site em que você se encontra, não te ajuda com a sua pressa.

IE mais lento que aquele seu amigo gordo que adora ir com você nas festas se achando o cara, pegador de menininhas e o mais pica das galáxias mas na verdade não faz porra merda nenhuma.

Bom, o intuito deste post era fazer com que vocês se tocassem que ter preguiça não é bom, nem mesmo quando você não tem nada de muito importante pra fazer, mas me deu preguiça terminar este post então fiquem com a baleia mais famosa da internet:

Imagem

Que aliás, é uma preguiçosa né? Coitados dos passarinhos.

See Ya! ;D

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s